Terra (Poesia)

Tempo fora de contexto, estou morrendo desde cedo
Fiz preces para o universo, me reinvento a cada verso
Tenho um objetivo concreto, apago as luzes
Não tenho mais o mesmo medo, ela me deixou sem documento.

Sentimento abstrato, garota, perdi seu retrato
Apago as mensagens, não os beijos trocados
Rompemos o relacionamento, escrevi essa sem estar apaixonado
Será que eu estou mentindo ou é só um apanhado?

Meus olhos estão fechados, a cabeça continua voando
Encontro você fora da órbita, fora de hora.
Quem sabe eu me arrume para uma nova temporada
Porque afinal de contas, o que é antigo sempre acaba…

Querida, hoje a chuva não vem
O mesmo caos se mantém
Não prometa coisas que você não pode prever
O mundo está mudando e nós também…

Dinheiro nunca foi a primeira meta, espero que esse arco íris venha
Cansei das tempestades eternas, quero curtir o aumento dessa temperatura
Noites são cheias de lua e a terra permanece sua
Noites são cheias de lua e a terra permanece nua.

Veja também:

Pureza

Continuar lendo “Terra (Poesia)”

Pureza (Poesia)

Me mostre esse efeito, quero descobrir seu paradeiro
Moro no universo paralelo, controverso
Correndo atrás das palavras, reviro as páginas
Infelizmente não encontro nada, tá na hora de ir pra casa…

Hoje eu não tô bem, acordei depois das 6
Quanto vale esse vintém? Talvez, eu só descubra aos 26.
Já me olhei no espelho, já vi a merda do reflexo
E as cicatrizes estão queimando como cinzas, minha pele deixando de ser macia.

Nem tudo sou capaz de entender, me ajude a absorver
Na noite passada, pensei em coisas babacas
Sonhei com coisas impossíveis, nada estava visível
Preciso voltar pra realidade, seria louco se essa fita se tornasse verdade.

Você pode me achar diferente, até quando me encontro no buraco estou numa crescente
Contra a parede, só estou um pouco carente
Meu desejo de moleque: que a pureza nunca acabe
Que daqui a um tempo ela se torne minha felicidade…

Lido com demônios internos desde sempre, vejo por trás das mentes
Observo sua alma, aprendendo a lidar com o carma
Nada é por acaso, o acaso é só um lado
Fantasmas me rodeiam, já passou da hora de expulsa-los.

Veja também:

imortalidade criativa

❤️

Continuar lendo “Pureza (Poesia)”

Imortalidade criativa (Poesia)

Olhos na janela, o que me espera? Os dias tem passado, estou envelhecendo rápido Vivendo no universo paralelo, impossível cortar alguns elos Queria poder realizar todos os desejos. Cabeça de gênio, prisioneiro sem lâmpada Imagino o sol mais amarelo, apocalipse está por perto? Vida finita, imortalidade criativa Ando tão torto nessas linhas, mas, sempre escapo do trem… Sorte ou missão? É só mais uma visão, … Continuar lendo Imortalidade criativa (Poesia)

Borboleta azul (Poesia)

O meu erro é sempre buscar algum significado Tenho que manter o cadeado fechado Sentimento disfarçado, camaleão mutável Ser personificado, ato de assassinato… Buscando a paz onde eles jamais encontraram As sombras constantemente circulavam e eu ficava extasiado Mas, agora estou no controle, seres malignos não me iludem Estou mudando de rota, antes que a linha do tempo se desfaça. Primeiro o respeito, depois o … Continuar lendo Borboleta azul (Poesia)

Seja bem vindo 2020!

Mais um ano que chegou e, com ele vem também a possibilidade de traçar novos sonhos e objetivos. Eu sou estremamente grato por 2019. O ano que me trouxe novas perspectivas e desafios. Mudei totalmente o pensamento que tinha e hoje acredito ser bem melhor do que eu era antes… Creio muito nessa parada que toda as vezes que a gente dorme, automaticamente morremos e … Continuar lendo Seja bem vindo 2020!