A sombra (Poesia)

Vi, uma sombra entrar pela porta
Sua aura era cheia de amarguras
Medo, insegurança é o que ela tinha
Era o que lhe cabia.

A maldade a cercava sem data pra ir embora
Pensamentos mórbidos não conseguia conter
Perdida sem rumo, parou e se lamentou
Por todo amor que foi tirado, chorou.

Tentei falar, não ouviu
Tentei consolar, se recusou
Tentei alegrar, se fechou
Tentei me aproximar, fugiu.

Lá esta a sombra parada
Me aproximo mais uma vez, ultima tentativa
Vejo um rosto familiar, um rosto que conheço
Surpreso, a tão temida sombra na verdade, sou eu…

 

Publicado por Kaue olah Lopes

Compositor /Poeta 🦋✍🏼 ♿️22 anos 📚Jornalismo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: