Confusão (Poesia)

Não sei se quero paz ou se quero briga
Não sei se quero o amor ou a solidão
Irmão, sou uma confusão e é por isso que tenho tanta inspiração
Transformação continua, algum dia, os espinhos vão virar rosas.

Teve dias que desabei nas dores, e em outros cantei para os amores
Assim é a vida, ninguém está 100% bem, ninguém está 100% mal
O objetivo principal deveria ser a sua paz interior
Ao invés das notas que corroem sua alma.

Pro homem ambicioso, o dinheiro é um status social
Para o homem sábio, o dinheiro é apenas uma das formas de sobrevivência
Mas que nunca se tornara primordial
Pois sabe que o espírito é o essencial.

A ganancia nas ruas, a falta de amor nas ruas
O egoísmo nas ruas, o rancor nas ruas
Correria nas ruas, trabalho nas ruas
A mentira é a rua, o divórcio se tornou a rua.

Falta de harmonia nos lares, incapacidade de criar um filho bem
Eu também já menti demais, alimentei ela demais
O medo de ficar sozinho é recorrente sim mas, não vou deixar esse sentimento me dominar
E também tenho que ter a consciência de que a verdade dói, a mentira destrói…

Se curtiu o post, compartilhe e comente, ajude o blog a crescer…

Publicado por Kaue olah Lopes

Compositor /Poeta 🦋✍🏼 ♿️22 anos 📚Jornalismo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: