Licença poética (Poesia)

O dia nasceu bonito na minha alma, nublado na rua Bolado com a Beleza da Lua, essa vida é tão curta Louca imaginação, trago a licença poética vinda de uma canção Turn on no som, consagro e faço o gol. Preciso disso pra viver, algo que faça valer Reviver o que já tinha morrido háContinuar lendo “Licença poética (Poesia)”

Canção (Poesia)

Minha morte já foi anunciada há muito tempo Ainda estou no jogo por pura sorte Deixa eu me concentrar um pouco mais, essa insônia está me maltratando Sigo cantando e escrevendo de graça, isso não te deixou sem graça. Pensei em varias situações, milhares de confusões, confissões Foram varias lagrimas despejadas na carta Em umContinuar lendo “Canção (Poesia)”

Ponta de faca (Poesia)

A minha arte se manifesta em cada linha rabiscada Bem selecionada, transformada pelos deuses Isso me dá sede de melhora, fugir da máquina controladora A mente humana ainda é uma incógnita… Sou como um guerreiro que nunca revela as suas táticas Sou como um pai de família que não pode deitar com qualquer uma MinhaContinuar lendo “Ponta de faca (Poesia)”