No outro lado (Poesia)

Precisava atender o chamado da alma sem amarras No passado, coisas me causavam trauma No passado, pessoas falavam demais sem pedir licença Aprendi a tacar o foda-se e seguir meu caminho tranquilamente. Nessa estrada ninguém vai sofrer por você, ninguém vai ganhar por você Ninguém vai sonhar por você, ninguém morrerá por você. Senti asContinuar lendo “No outro lado (Poesia)”