Poema perdido (Poesia)

Sombras escuras, alma diabólica Lado sombrio na sua melhor forma, a cabeça você me corta Serpente se regenera tentando ter uma sobrevida Refleti sobre a vadia da vida, uma segunda chance, aqui não tem perdão… Qual será minha segunda opção? Desperdiçar a primeira e ser infeliz? Construir um legado com minha cicatriz? Queria voltar noContinuar lendo “Poema perdido (Poesia)”