No outro lado Pt 2

No infinito, viajando ente ciclos Quero dormir e não consigo, sou meu único amigo Meu único inimigo, meu único entendedor Carregando o peso e o sofrimento, quem dera se lagrimas fossem só água… Algumas vezes penso que não existo Sou um corpo morto, à espera que abutres carreguem minha carne Carne podre, já não temContinuar lendo “No outro lado Pt 2”