Andarilho (Poesia)

De tempos em tempos, o coração se torna o lugar preferido da casa E meu quarto se torna um amigo confidente Logo, perdi contato com a terra Fui em busca de novos planetas, fui em busca de mim mesmo… A mente se mantém sã, existem milhares de possibilidades nesse espaço catalisador Espero não encontrar aContinuar lendo “Andarilho (Poesia)”

Pichação (Poesia)

Dias em baixa, oculto guardado em casa Quem sabe eu não sofra mais Não me derrame mais Vendo tudo que está por trás… Maldito lá trás, hoje em dia as flores caem Posso sentir o beijo do adeus antes que me chamem Talvez eu faça disso um algo a mais Estante cheia de lembranças eContinuar lendo “Pichação (Poesia)”

Respeitando o tempo…

O dia começou bem para refletir sobre algumas questões que nos últimos tempos tem atormentado minha cabeça ansiosa e problemática. Nesse exato momento, estou com o fone no ouvido, relaxando ao som de “Como eu te quero” (um puta love song do Black Alien, e, se duvidar, umas das melhores que já ouvi na vida.)Continuar lendo “Respeitando o tempo…”