Pichação (Poesia)

Dias em baixa, oculto guardado em casa
Quem sabe eu não sofra mais
Não me derrame mais
Vendo tudo que está por trás…

Maldito lá trás, hoje em dia as flores caem
Posso sentir o beijo do adeus antes que me chamem
Talvez eu faça disso um algo a mais
Estante cheia de lembranças e o que cê faz?

Larga de mão e pega a próxima estação?
Vagão lotado jão, não tem espaço pro seu coração
Testemunho da pichação
Eles brecam sua ação…

Pessoas efêmeras, alma vazia
1 copo é a sedução fluindo
Com o mundo se abrindo
Prestes a te Jogar no abismo.

Redes sociais:

Instagram

Facebook

Twitter

❤️🧭

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Publicado por Kaue olah Lopes

Compositor /Poeta 🦋✍🏼 ♿️22 anos 📚Jornalismo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: