Nada muda (Poesia)

Minhas balas estão descarregadas, menor de 14 baleado em casa
Morte trágica. Vida assassinada
Quantas mães sofrem na calada e a PM saí na caçada
Fique rico ou morra tentando, eles tentam conter nosso avanço.
Corpos deixados na estrada com a fé que essa porra um dia ainda melhora…

E o verso de ismalia ainda machuca, ter sonhos e ser criança nessa pátria não vale nada
Farda manchada de sangue só prova que a corporação é falsa.
Eu já não sei mais se quero o paraíso, pra quê vou correr esse risco?
Ter pele escura sempre termina com 80 tiros?

Cês riem com pão e circo com a desculpa de um homem bíblico
Foi assim desde o início, mentem sobre a história
Princesa Isabel? me remete à um falso Brasil…

Em vez da revolta, só sinto a tristeza
Nada muda, no final do dia é a mesma coisa
João Pedro, Marcos Vinicius e Agatha
Seguimos matando nossas crianças junto com a esperança
Peço a Deus que eles sejam recebidos com muito amor em Wakanda.

Licença Creative Commons
O trabalho Nada muda de Kauê Olah Lopes está licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição 4.0 Internacional.

Publicado por Kaue olah Lopes

Compositor /Poeta 🦋✍🏼 ♿️22 anos 📚Jornalismo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: