Vidro (Poesia)

Quem são essas pessoas? Meus olhos estão ficando pesadosDormindo pra ficar acordado, ainda é cedo pra atender o chamadoMotivos para ser mais enrolado, tudo está me deixando entediadoEu fico brincando com o tempo enquanto eles acham que é um desabafoFico pensando: quando será a próxima corrida?Ou se ela está na minha? Muito provável que sejaContinuar lendo “Vidro (Poesia)”