Enigma

Esqueço que horas são, milhões de pessoas em combustãoMe poupo da explicação, tenho o controle do furacão.Às vezes entro em contradição e não faço a oraçãoMe mantenho vivo enquanto o coração ainda tem paixão. Vivendo meses turbulentos, são poucos que me conhecem por dentroAinda choro muito como no dia do meu nascimentoEscuto vozes em silêncio,Continuar lendo “Enigma”