Meio do caminho (Poesia)

Compra sem garantia, amor… Somos da terra perdida.
Talvez não possa voltar no tempo, o relógio é tão lento
Quero ar fresco e um abraço sonolento
Achar você por dentro, nesse labirinto me perco
Deixe o gênio, esqueça os três desejos…

Posso morrer cedo quando me perguntar se eu fui um bom filho
Me pareço com algum anjo caído, só preciso de abrigo
Registrei a melancolia do signo
Sigo procurando o seu sorriso
O universo é uma mulher, por isso os homens estão sempre entregues…

Celebre passagem, alguns que conheci não estão mais aqui
Perguntei aos céus o que ele esperava de mim
E Deus me respondeu com sorrisos e abraços.
Aprecio o momento de elevação
Preciso dessa fonte de inspiração…

Eu nunca fui perfeito, diariamente cometo erros
Mas pelo menos sou sincero comigo mesmo
Entendo seu posicionamento, se apaixonar por um poeta pode ser perigoso
Confuso e embaraçoso
Como aquela tempestade que está se formando.

Aos poucos vou entendendo que todos temos nossos momentos paralelos
Me dê o seu endereço, quem sabe um dia apareço.
Gosto do amor mesmo sabendo que o sentimento não é recíproco
Matando o meu ego e desabafando desde o começo.

Eu ainda sofro por não ter te amado
Então saiba que se os meus poemas fizerem sucesso
Foi porque perdi o amor da minha vida no meio do caminho
Às vezes a semente germina da dor, foi bom enquanto durou…

Outras redes:

Publicado por Kaue olah Lopes

Compositor /Poeta 🦋✍🏼 ♿️22 anos 📚Jornalismo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: