Éden (Poesia)

Entre a chegada e a partida,Entre a ira e a calmariaEntre lágrimas e sorrisosEntre a verdade e meus sonhosA insônia me incomoda em qualquer cômodo. Não me vejo tão jovem, os anjos sempre fogemDemônios nunca dormem, eles me trouxeram pra longe.Vivo numa realidade distante, minha mente é um turbilhão constanteE sem chance de você lapidarContinuar lendo “Éden (Poesia)”